Iniciativas Humanitárias

A Fundação organiza uma série de projetos humanitários em cooperação com a Associação Internacional para os Valores Humanos (IAHV). A sua abordagem tem como base um plano simples – estar disponível em todos os locais, em qualquer momento e para todas as necessidades.

 

Alívio do Trauma

Em tempos de catástofre, os voluntários oferecem programas de alívio do trauma em conjunto com a ajuda material, pois é necessário aliviar o stress pós-traumático e ajudar os sobreviventes a reencontrarem a vontade de viver. Nas áreas afetadas pela guerra, as técnicas ministradas ajudam a fazer face às emoções negativas, como a vingança e o ódio, que podem impedir o caminho para a paz sustentável.

 

A IAOLF forneceu ajuda humanitária e alívio pós-traumático em situações de ataque e desastres naturais... nos ataques em Mumbai, no tremor de terra em Sichuan, na guerra no Iraque e na guerra do Kosovo.

 

Prisão SMART (Gestão de Stress e Reabilitação)

O programa nas prisões oferece aos reclusos ferramentas práticas para gerir o stress e as emoções negativas, e quebrar ciclos de crime, violência, toxicodependência e de encarceramento. Na Dinamarca o programa é apoiado pelo sistema judicial do país, que lhe dá seguimento assegurando a habitação, o emprego e a continuidade da educação dos jovens delinquentes e ex-delinquentes. Este programa já beneficiou cerca de 250,000 reclusos em mais de 30 países.

 

Em Portugal, este programa é atualmente desenvolvido com os jovens detidos no Centro Educativo Navarro de Paiva, assim como com o staff que os acompanha e no Instituto Prisional do Linhó.

 

Programa de Não-Agressão (NAP)

O NAP lida com a violência e o “bullying” (intimidação) nas escolas, ajudando as crianças a integrar os valores humanos nas suas vidas. Estes cursos são desenvolvidos em 32 países europeus. Em Portugal desenvolvemos estes programas em escolas primárias e secundárias, em especial com as turmas de percurso alternativo.